sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Os trabalhos da mão.

  

 A mão arranca da terra a raiz e a erva.
colhe da árvore o fruto,
descasca-o, leva-o à boca.

A mão apanha o objeto, remove-o,
achega-o ao corpo, lança-o de si.

A mão puxa e empurra, junta espalha,
arrocha e afrouxa, contrai e distende,
enrola e desenrola; roça, toca, apalpa,
acaricia, unha, belisca, aperta,
esbofeteia, esmurra;
depois massageia o músculo dolorido.

A mão tateia com as pontas dos dedos,
apalpa e calca com a polpa, raspa,
arranha, escava, escarifica e
escarafuncha com as unhas.
Com o nó dos dedos, bate.

A mão abre a ferida e a pensa.
Eriça o pêlo e o alisa.
Entrança e destrança o cabelo.
Enruga e desenruga o papel e o pano.
Unge e esconjura , asperge e exorciza.

Acusa com o índex,
aplaude com as palmas,
protege com a concha.
Faz viver alçando o polegar...
baixando-o, manda matar.
 Mede com o palmo, sopesa com a palma.

Aponta com gestos o eu, o tu, o ele;
o aqui, o aí, o ali;
o hoje, o ontem, o amanhã;
o pouco, o muito, o mais ou menos;
o um, o dois, os números até dez e seus quebrados.
 O não, o nunca, o nada.

É voz do mudo,
é voz do surdo,
é leitura do cego.
Faz levantar a voz,
amaina o vozerio,
impõe silêncio.

 Saúda o amigo balançando de leve ao
lado da cabeça e, ao mesmo aceno,
estira o braço e diz adeus.
Urge e manda parar.
 Traz ao mundo a criança, esgana o inimigo.
 Para perfazer tantíssimas ações,
basta-lhe uma breve mais dúctil anatomia:

oito ossinhos no pulso, cinco no
metacarpo e os dedos com as suas
falanges, falanginhas e falangetas.
 
(Autor Alfredo Bosi)

7 comentários:

blog da Paraguassu disse...

Olá amiga,
Lindo e maravilhoso este poema sobre as mãos. Parabéns a este poeta que tão bem qualificou nossas mãos. Amei o poema!
Querida, quero convidar-te a conhecer meu novo blog, o RECANTO DA POESIA, onde publico alguns de meus trabalhos poéticos. Ficarei muito feliz e honrada com sua presença por lá. Espero que gostes.
Um ótimo final de semana e bom feriado.
Grande beijo,
Maria Paraguassu.

Orvalho do céu disse...

Olá, querida
Lindos os trabalhos das mãos que servem e amam!!!
Bjm de paz e alegre

Marion Creutzberg disse...

Uma época eu fazia coleção de imagens e reflexões sobre mãos... esta de Alfredo Bosi está linda! Abs.

Joana Neves disse...

Olá amiga querida!
Saudades... Estou a aproveitar esta paragem de Carnaval pra visitar os amigos e desejar um Bom Carnaval!
Tem selinho para vc lá no meu blog!!
Este é o link do mimo:http://dl.dropbox.com/u/2444571/Meu%20Blog/2012/mimo%20carnaval.gif

Ofereço com maior carinho!
um grande beijinho e um bom inicio de semana!
Joana Neves
http://joana-neves.blogspot.com
http://materialspsp.blogspot.com

Virginia Jesus Fassarella disse...

Esplendor, obrigada pela visita e elogio. Beijos.

Orvalho do céu disse...

Hoje passo pra usar minhas mãos pra saudar vc, querida
Olá!!!
Bjm de paz e harmonia

Orvalho do céu disse...

Olá, querida

"Ah, o Amor! Pequena gota
que cai da flor,
orvalho da noite
estrelada..."

Obrigada por aderir à nossa Blogagem Coletiva Amor em Pedaços
Seja muito bem vinda!!!
Bjs de paz e alegria

Voltar ao topo