quarta-feira, 6 de julho de 2011

Esperança para você.



Ao comentar com franqueza a difícil  situação de sua vida, uma jovem disse: “Desejava ser popular entre os rapazes. Um dia, cedi a tentação no banco traseiro de um carro. Fiquei grávida e tive um bebe, mas logo perdi o filho que tanto amava e me tornei viciada em drogas. Agora sou prostituta.” E ela terminou seu relato perguntando: “Há esperança para mim?”
A história inquietante desta jovem não é única. De uma ou de outra maneira, representa todos nós nos momentos de opressão ou diante das mais variadas situações problemáticas. Quantas pessoas se sentem como esta mulher! Trata – se de seres que, em meio as suas angústias, almejam paz para o coração atribulado. Talvez seja o jovem de vida irregular que busca com ansiedade melhorar seu mundo interior, ou o adulto que necessita preencher o vazio da alma com um padrão diferente de conduta. Enfim, podem ser seus amigos ou os meus que procuram afeto e compreensão para o pesado fardo que suportam.
Todos esses corações angustiados fazem a si mesmo a grande pergunta: “Existe esperança para mim?” Podemos afirmar que sim. “Sim existe esperança!” Houve esperança para a mulher que venceu sua vida de libertinagem e hoje é uma nova pessoa. Continua havendo esperança para o jovem que perdeu seu rumo e para o adulto que sonha com uma vida plena e radiante.
A verdadeira esperança é muito mais que uma simples perspectiva ou mero desejo. É a certeza de que todo o mal pode ser vencido, e que tudo que está torto pode ser endireitado. É uma atitude mental tão renovadora que a chamamos de “âncora da alma, segura e firme.” É a âncora que sustenta a vida; que dá paz e segurança na tormenta; que tira a desesperança do coração angustiado.
Esperança esta que seguramos qual âncora de nossa alma, firme e sólida, e que penetra até além do véu, no santuário. (Hebreus 6: 19)
"Quando no caminho da vida, o fardo é pesado e temos dificuldade para continuar, lembremos que temos ao nosso lado um companheiro forte e vencedor: Jesus o filho de Deus!"

Texto de Enrique Chaij.

3 comentários:

Bel Rech disse...

Esperança é ter amigos, família que possam ajudar a essas mesmas pessoas sairem daquilo que lhes fazem mal ou que estão perdidos e Deus para não perder a sua fé e a fé mais importante que é Ele somente que nos alimenta espiritualmente.
Paz e bem

Beta disse...

Lindo texto querida!!
Obrigada por partilhar.

bj

Blogando com Bebeth disse...

Sempre há esperança.
Depende do nosso querer e especialmente de nos focarmos nas coisas do espírito.
Em Jesus somos mais que vencedores!
Obrigada pelo carinho da visita.
Bjokas

Voltar ao topo