segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Uma lição de paciência e perseverança.

O bambu chinês
Depois de plantada a semente deste incrível arbusto, não se vê nada, durante cinco anos. Todo o crescimento é subterranêo, invisível a olho nu, mas, uma maciça e fibrosa estrutura de raiz, que se estende vertical e horizontalmente pela terra está sendo construída. Então, não final do quinto ano, o bambu cresce até atingir a altura de vinte cinco metros. Muitas coisas na vida pessoal e profissional são iguais ao bambu chinês: você trabalha, investe tempo, esforço, faz tudo o que pode para nutrir seu crescimento e, às vezes, não se vê nada por semanas, meses ou anos. Mas, se tiver paciência para continuar trabalhando, persistindo e nutrindo, o seu quinto ano chegará e, com ele, virão um crescimento e mudanças que jamais esperava. O bambu chinês nos ensina que não devemos facilmente desistir de nossos projetos, de nossos sonhos... Apesar de toda a sua altura, o bambu chinês é capaz de curvar-se até o chão diante de um vendaval. No entanto, tão logo cesse o vento, ele se reergue e volta a ser majestoso como sempre. Devemos sempre lembrar do bambu chinês, para não desistirmos facilmente diante das dificuldades que surgirão.Em nosso vida, inevitavelmente estaremos diante de projetos que envolvem mudanças de comportamento, de pensamento e de cultura. Então, a exemplo do bambu chinês, tenha sempre dois hábitos: persistência e paciência, pois assim você alcançará tudo o que planeja! Lembre-se que é preciso muita fibra para chegar às alturas e, ao mesmo tempo, muita flexibilidade para se curvar ao chão. 
Acrescente a tudo isto o amor e a fé.Creia que tudo tem o tempo certo para acontecer, e que Deus tem muitas bênçãos reservadas para você!
Autor: Stephen Covey 

2 comentários:

Chica disse...

É mesmo uma linda lição e reflexão essa!beijos,chica

Suziley disse...

Gosto muito desse texto. Obrigada pela partilha! Boa noite, beijos :)

Voltar ao topo