quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

A árvore da fé. (Parte I)



A árvore e a fonte. 

"Feliz o homem que se compraz na lei Divina e a medita de dia e de noite. 
É como uma árvore plantada à beira das águas, que no tempo próprio dá 
o seu fruto e cujas folhas não murcham."(Sl.1,1-3)
A bíblia aprecia o simbolismo da árvore e dele se utiliza com frequência. 
Jesus não se cansará de comparar o Reino de Deus ao grande arbusto 
nascido do pequeno grão de mostarda. E vai ainda mais longe: Jesus é 
como o cepo e nós o sarmento da única vinha. Este tema do homem fiel 
Comparado a uma árvore se repete em numerosas passagens.
Por exemplo: "O justo florescerá como a palmeira, como o cedro do 
Líbano ele crescerá ... Plantados na casa do Senhor, florescerão nos 
Átrios da casa de nosso Deus. Na velhice darão ainda frutos,
E estarão cheios de vigor para anunciar que o Senhor nosso Deus é reto
Outras vezes, ela é a imagem do povo de Deus: Israel florescerá como a  
Açucena e lançará suas raízes como o cedro do Líbano.
Seus ramos se estenderão, seu esplendor será como o da oliveira e seu 
Perfume como o do Líbano. O próprio Deus não hesita em comparar-se 
 a uma árvore, mas à árvore por excelência, ao cipreste que não morre: 
"Sou como o cipreste sempre verde, em Mim terão origem os teus frutos. 
Existe certamente, uma árvore no Paraíso. É Jesus quem o promete: 
Ao vencedor, darei de comer da árvore da vida que está no Paraíso 
Do meu Deus. Ou ainda: Depois o Anjo me mostrou um rio de água
Viva, resplandecente como cristal, que saía do trono de Deus e do 
Cordeiro, no meio da praça da cidade, e de uma e de outra margem 
Do  rio, estava a árvore da vida, que dá doze frutos, produzindo cada 
Mês o seu fruto, árvore cujas folhas servem para cura dos povos.
Os eleitos encontram no Paraíso, portanto,  a árvore da Vida dos 
Primeiros tempos, o tempo do Gênesis. Desde agora contudo, Sabedoria
É árvore da Vida para todos aqueles que sabe encontrá-la: "Elevei-me 
Como o cedro do Líbano... o cipreste do monte Sião...
Cresci como a palmeira de Cades... e como os pés de rosas 
De Jericó... elevei-me como uma formosa oliveira dos campos e como
O plátano nas praças junto da água. Estendi minhas raízes no meio de
Um povo glorioso, neste domínio do Senhor que é sua herança.
Sem dúvida existe um elemento indissociável da árvore;
É a fonte, a água viva: e ainda o profeta diz do homem que confia em Deus:
Ele será como a árvore junto às águas que estende suas raízes para a 
Umidade, e não temerá quando vier o calor. Será verde sua folhagem, 
E em tempo de seca não se inquietará nem jamais deixará de dar frutos.

Reflexões.






2 comentários:

sheilaefram disse...

Lindoooo
Amiga sem problema em relação ao Link. Já retirei,também achei um pouco grande.
Post outro que copiarei novamente no meu blog...
Ótimo fim de semana..Bjos

Lindalva disse...

Estupendoooooooo... quero vê a parte II... Ei amiga rolando festa e brincadeira na Ilha e está faltando tu Vim te convidar a participar das brincadeiras pelo aniversário de 2 anos de renascimento da minha Ilha. O convite está acima das postagens e basta dá um clic que serás levado a festa. Temos 2 brincadeiras e a grande festa dia 13 de fevereiro. Te espero lá. Beijos no coração ♥ ♥ ♥

Voltar ao topo